Inominado Anônimo

Dicas para economizar no carro

Posted on: 20/outubro/2008

Trocamos de carro e uma das minha exigências (pra mim mesmo, se é que entendem) é que o carro já tivesse injeção eletrônica, assim teria uma dor de cabeça a menos, o carburador!!! Quem já teve carro velho sabe do que estou dizendo😛

Acabamos escolhendo um Vectra CD preto 1994/1995 lindo, completo com computador de bordo e freios ABS. Sim, levei em conta que é um carro caro, de manutenção e peças caras e provavelmente bebum (ainda está a gasolina, fato raro hoje em dia), mas sinceramente, foi o carro usado (e bem usado se pensar bem, são quase 15 anos de uso) mais bem conservado que já conheci e outra, preferi gastar num carro de conforto insuperável mas um pouco mais velho do que montar num carro mais novo pé de boi.

Enfim, com o novo carro já gastando quase o primeiro tanque completo, começaram a aparecer algumas dúvidas na minha mente, algumas antigas daquelas que se enquadram também em carros a carburador, como nos carros mais novos e com maior tecnologia embarcada:

  1. Compensa “passar” o carro pra álcool?
  2. Compensa andar na rotação ou compensa usar o torque do motor (não esqueça, é um 2.0) e usar marchas mais altas?
  3. É verdade que carro injetado consome menos engatado do que na banguela?

Para todas essas dúvidas, existe uma resposta: INTERNET! Uma pesquisada rápida e encontrei respostas mais do que suficientes e totalmente confiáveis.

Para a primeira pergunta, a resposta é: NÃO!!! Resumindo é uma economia imediatista, sem levar em consideração a duração de peças ou então a variação de preço do álcool, que varia conforme a safra da cana-de-açúcar. Leia matéria interessante sobre isso.

Para a segunda pergunta, a resposta é: Marchas mais altas, veja matéria comparativa apenas com carros injetados.

Para a terceira pergunta a resposta é: É verdade! Essa economia dá-se por um processo chamado de cut-off existente nos carros injetados (já existia no Fiat 147 de 1982), onde os sensores da injeção eletrônica do carro, percebem que o carro está engatado e sem nenhuma pressão no pedal, cortando os pulsos dos bicos injetores (nos carros com carburador funciona com um solenóide), ou seja, NENHUM combustível é gasto nesse momento, então se você manter o carro na banguela, ele ainda assim estará gastando combustível para manter o motor funcionando. Veja matéria com mais conteúdo do que minha simples explicação.

E a super-dica que serve para todos os motoristas, dicas de como economizar combustível!

Todos os links desta páginas apontam para o ótimo website BestCars.

5 Respostas to "Dicas para economizar no carro"

Certo, vivendo e aprendendo, dicas boas em tempos de crise, $##@3@ não falo mais em crise. Não sabia deste cut-off, então é assim que a coisa funga. Abração.

Ótimas dicas, meu amigo. E vindo do Best Cars Web Site, é garantido! Aliás, é meu site de carros favorito.

E quer dizer que o senhor agora tá de Vectra CD preto… Todo todo… Parabéns, meu velho. E sucesso sempre. Fico feliz por mais uma conquista sua.

Abraços e até muito breve.
😉

@ Cirilo Veloso Moraes:

Pois é meu amigo, o problema é que pra andar de Vectra eu tive que me desfazer da Fazer (moto), agora estamos de Honda Biz kkkkkkkkkk

De 120, 130 pra sempre 20, sempre 30😀

Ninguém merece!😛

Abração e obrigado.

@ Silvano Vilela:

Pois é, também não conhecia algumas daquelas tecnologias… também pudera, nunca antes tivera um carro modernoso😛

Andei fazendo uns testes com o meu, ele só entra em cut-off (mostra 0,0 de consumo de combustível no computador de bordo) quando realmente se usa o freio motor, estando em 4ª a uns 40 km/h ele não entra em cut-off, apenas quando se está com muita rotação e velocidade na mesma marcha, tipo em 4ª a uns 70/80 km/h.

Abração

Acho que na economia eu consigo fazer sem problemas….;)

Mas, amei a biz!
😀

Os comentários estão desativados.

Technorati

weblogUpdates.ping YOUR WEBLOG NAME HERE http://www.YOURWEBLOGURL.com/
%d blogueiros gostam disto: